TJ-CE e sindicato fazem “parceria” para trabalhador pagar a passagem de ônibus de criminosos.

Conforme matéria veiculada no site de notícias G1, uma parceria firmada entre o TJ-CE e o do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus), garantirão gratuidade nas passagens de ônibus em Fortaleza para os presos em regime aberto, semiaberto ou em liberdade condicional.

Os presidentes das entidades Washington Araújo (TJCE) e Dimas Barreira (Sindiônibus) acreditam que a medida é importante para a “ressocialização” dos criminosos.

Aqui trabalhador paga para marginal passear, talkey?

Com as gratuidades já existentes o preço da passagem acaba ficando mais caro para toda a população pagante. Com essa medida os custos da gratuidade para condenados também será paga pelo trabalhador, ou seja, não basta você ser assaltado pelo marginal, agora você ainda vai pagar a passagem dele.

Entendemos que essa medida além de nada liberal é abusiva, arbitrária e danosa para toda a população de bem. Não consideramos um incentivo à ressocialização garantir vantagens para o criminoso em troca de um prejuízo para o inocente, que é quem no fim das contas arca com os custos.


Veja também:

A ESQUERDA FASCISTA E O IMPOSTO SINDICAL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s