Taxa SELIC na mínima histórica: Entenda o que isso significa para você.

Assine e receba as novidades em seu e-mail:

Como vinha sendo previsto, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu a taxa de juros de 5% para 4,5%, mas o que isso significa? O é a taxa SELIC? Para que serve? E como isso pode se refletir no mercado?

O que é a Taxa SELIC ?

A taxa de SELIC é a conhecida taxa básica de juros praticada no Brasil, na verdade ela é a taxa praticada entre bancos pelo pagamento de empréstimo entre eles lastreados em títulos da dívida pública, essa é a SELIC over.

Porém quando nos referimos à SELIC definida pelo COPOM, normalmente estamos falamos da SELIC meta, ou seja, a taxa que é será definida como parâmetro para taxa de juros praticado entre os empréstimos bancários, uma vez que apesar de não determinar o valor desses empréstimos o Banco Central irá executar a política definida pelo COPOM controlando os preços através da compra e venda de títulos públicos.

PARA QUE SERVE A SELIC?

A SELIC no Brasil é um dos principais instrumentos de controle da inflação, isso é feito controlando o custo do crédito no mercado, na prática quanto mais alta a SELIC mais alto fica o custo do empréstimo a ser tomado.

A explicação para isso é simples, se a taxa de juro praticada entre dois bancos por um empréstimo de um dia está a 10% ao ano, isso significa que os bancos estão emprestando esses recursos um para o outro por esse valor, como esses empréstimos são lastreados em títulos públicos, os banco que empresta o valor nesse exemplo hipotético tem o risco definido pelo banco tomador e pela garantia do título dado pelo governo.

Como esse empréstimo tem um risco muito baixo, todo empréstimo que for tomado junto aos bancos será necessariamente acima de 10% (a taxa de juro nesse exemplo). Logo quanto mais alta a taxa de juro mais alto é o valor de empréstimo, menos empréstimo é tomado, as empresas e famílias gastam menos, a demanda na economia é reduzida e dessa forma a inflação é controlada.

No sentido oposto, pode haver uma inundação de crédito e aumentar a demanda e o resultado ser a inflação.

COMO A SELIC NA MÍNIMA HISTÓRICA INFLUENCIA NOSSA VIDA?

A SELIC é uma taxa que procura controlar a inflação, com a inflação baixa há a possibilidade de se facilitar o acesso ao crédito para aquecer a economia, o trabalho do COPOM é tentar equilibrar o juro de forma que a inflação fique dentro da meta estabelecida pelo governo.

Acontece que o Brasil está com a inflação tomando o IPCA como exemplo abaixo da média da meta, o crescimento pode ser maior, mesmo apesar de ter rompido de vez com o fantasma da recessão. Portanto é uma possibilidade reduzir a taxa de juro básica, “baratear o crédito” e dessa forma aumentar a possibilidade de investimentos das empresas e consumo das famílias.

A perspectiva nesse caso é ótima, pela primeira vez o rentismo ficará desfavorecido e poderemos ter facilidade de crédito o que favorece o empreendedorismo e por sua vez a geração de empregos.

Se fala tanto em “distribuição de renda” mas política liberal de desenvolvimento social é geração de riqueza, emprego e renda.

Segue esse excelente vídeo explicativo de 4 minutos do canal Nexo Jornal no youtube.


Posts Relacionados:

Anúncios

Posts Mais Recentes:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s